1ª Gincana de Matemática - Escola Municipal Antônio Chicon Sobrinho

A Escola Municipal Antonio Chicon Sobrinho vem procurando fazer do processo ensino e aprendizagem algo interessante e significativo, com a participação ativa dos alunos. Leia mais »

CENSO CULTURAL - 2014

Organizar um cadastro e valorizar os artistas locais... Leia mais »

 

Prorrogado o prazo para Matrículas do PROJOVEM URBANO

projovem urbano - prorrogação

Confraternização com os Coordenadores

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura, através dos Núcleos de Apoio Pedagógico e do Programa Mais Educação promoveu no dia 10/12/2014 (quarta-feira) um momento especial de confraternização para os coordenadores da rede municipal de ensino onde houve uma palestra com o Professor Hermon Freitas, em seguida foi servido um jantar com música ao vivo.

1.coord 2.coord 3.coord

4.coord 5.coord 6.coord 7.coord 8.coord 9.coord 10.coord 11.coord 12.coord 13.coord 14.coor 15.coord 16.coord 17.coord 18.coord 19.coord 20.coord 21.coord 22.coord 23.coord 24.coord 25.coord 26.coord 27.coord 28.coord 29.coord 30.coord 31.coord 32.coord 33.coord 34.coord 35.coord 36.coord 37.coord 38.coord 39.coord 40.coord 41.coord 42.coord 43.coord 44.coord 45.coord

Confraternização com as Merendeiras

A Secretaria Municipal da Educação, através do Departamento de Alimentação Escolar, realizou um encontro de confraternização com as merendeiras da rede municipal de ensino na sexta-feira, dia 28/11. O encontro aconteceu na Câmara de Vereadores, organizado pelas Nutricionistas Agda Novais, Monique Alves e Valéria Resende.

1.merenda

O Secretário de Educação Ariosvaldo Alves Gomes esteve presente realizando a abertura do evento.  Na oportunidade, ele fez questão de parabenizar e agradecer o trabalho realizado pelas merendeiras. “Todos somos educadores, a alimentação é algo que faz muita diferença no aprendizado dos alunos”, ressaltou o secretário.

2.merenda

“O foco do evento foi promover um momento de confraternização e valorização dos profissionais envolvidos no preparo das refeições da Alimentação Escolar, função desempenhada com amor e carinho a todos os alunos. As merendeiras, também devem ser consideradas educadoras, pois são a principal conexão entre o alimento e o aluno. Isso porque no momento que serve a criança, cabe-lhe valorizar o que está servindo. Sua orientação é entregar a refeição e, com carinho, incentivar o estudante a se alimentar ” ressaltam as nutricionistas responsáveis pelo Departamento de Alimentação Escolar.

Segundo as nutricionistas, para garantir e melhorar a qualidade do aprendizado, a criança precisa estar bem alimentada. O principal objetivo da merenda é oferecer condições de o estudante adquirir hábitos alimentares saudáveis. Na escola, são garantidas à criança refeições preparadas com alimentos balanceados.

Ao final do encontro, foram sorteados brindes e distribuídos lembrancinhas para as merendeiras presentes.

3.merenda

Nutricionistas e algumas merendeiras.

4.merenda

Lembrancinhas entregues as merendeiras pelas nutricionistas com o agradecimento.

5.merenda

Os  “Meninos da Merenda” como são carinhosamente chamados pelas merendeiras.

6.merenda

Um pouco do que foi servido como lanche no dia do evento.

7.merenda

 

 

 

6° Torneio de Futsal da EJA 2014.2

No dia 27, 28 e 29 de Novembro de 2014 aconteceu o  6° Torneio de Futsal da EJA no Ginásio de Esporte Antônio Imbassay.

A proposta dos jogos é incentivar a prática esportiva e a socialização dos alunos da rede pública municipal da EJA.

O torneio teve a participação de nove escolas da Rede Municipal de Ensino e a participação de 500 alunos.

Agradecemos o apoio da Secretaria de Esporte, Secretaria de Segurança Pública e Secretaria de Saúde.

1ª Fase – Eliminatória 27.11.2014

2ª Fase Etapa de classificação 28.11.2014

3ª Fase – Etapa Final 29.11.2014

ESCOLA CAMPEÃ: ESCOLA MUNICIPAL RACHEL DE QUEIROZ

2º Lugar: Escola Municipal Gessé Inácio do Nascimento

3º Lugar: Escola Municipal Pedro Agrizzi

4º Lugar: Escola Municipal Sheneider Cordeiro

Melhor artilheiro: José Carlos Teixeira Junior (Escola Municipal Pedro Agrizzi)

Goleiro menos vazado: Joniel Andrade de Souza (Escola Municipal Rachel de Queiroz)

1 2 34 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18 19 20 21 22 23 24 25 26 27 28 29 30 31 32 33 34 35 36 37 38 39 40 41 42 43 44 44a 45 46 47 48 49 50 51 52 53 54 55 56 57 58 59 60 61 62

Tempos de Arte Literária

eja-convite

tia lai

Convite – EM Amigos de Aracruz

Amigos de Aracruz-convite

Projeto “Dançarte” – EM Clélia das Graças

A dança é “uma das raras atividades humanas em que o homem se encontra totalmente engajado: corpo, espírito e coração”.

foto1

Este Projeto justifica-se na medida em que busca oportunizar ações que visem valorizar o potencial de criar e apreender, contribuindo com a formação do

indivíduo, proporcionando a superação de suas dificuldades em socialização, despertando as habilidades psicomotoras , aguçando a memória e o ritmo, na produção artística e na dança como expressão mais sublime tornando-se a forma de se comunicar , de expor experiências cotidianas.

Pensando neste propósito é que apresentamos o Projeto de “Dançarte” na Escola Municipal Clélia das Graças F. Pinto,  levando em consideração os recursos culturais disponíveis para o desenvolvimento das ações, valorizando o ser humano e sua identidade.

Unindo a dança e a arte e por considerar que através desta oportunidade podemos educar, estimular a criatividade, e aperfeiçoar as expressões de comunicação social e liberdade. Por isso, pretendemos manifestar o nosso compromisso nas práticas

educativas , simplesmente encantar e dançar o amor pelas artes o ano inteiro, enquanto houver pessoas capazes de fazer ponte de parcerias, gestos que transforme a vida, olhos atentos para a realidade e mãos graciosas que embalam e defendem a vida.

Sendo assim, a dança e a arte, em qualquer medida, está presente em nossa vida e na sociedade para o bem e a harmonia. É preciso criar condições para que

eles aconteçam, o ser que não conhece essa fantasia é limitado, escapando da dimensão do sonho e da criação, da força comunicativa, das expressões, da sonoridade instigante da arte do corpo e da mente, dos movimentos, da cor, da forma, dos gestos, das luzes e da produção que busca um novo sentido para a vida.

 

Acreditamos que o objetivo inicial do projeto, de levar a cultura da dança para a escola, foi atingido. Mais ainda, o interessante foi que obtivemos resultados complementares.  Sirleth Santos – Coordenadora Pedagógica

foto2

Grupo Arrocha

foto3

Dança do Ventre

foto4

foto5 foto6

Parabéns Professora Raimunda Jamily e Cleusa Anacleto pela iniciativa no Projeto e aos alunos do 6º ao 9º pelas belíssimas apresentações.

Semana da Consciência Negra – EM Profª Geni Abutrabe

Semana da consciência negra da Escola Municipal Professora Geni Abutrabe Guerra Pessoa

Com a implantação da Lei n. 10639/03, que torna obrigatório o ensino da história e cultura dos povos africanos e afrodescendentes nas instituições escolares, as novas perspectivas de ensino apontam para uma necessidade de se repensar a imagem que, durante 500 anos de Brasil, foi feita do homem negro trazido do Continente Africano. Assim, a comunidade da Escola Municipal Professora Geni Abutrabe Guerra Pessoa desenvolveu este Projeto no objetivo de problematizar a visão historicamente construída do Continente africano bem como a de seus sujeitos, corroborando para a desconstrução da estrutura unicultural, que abarrota o ambiente material e imaterial com o monólogo da forma cultural dominante.

Acredita-se que esta perspectiva, além de atender aos fundamentos das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação das Relações Étnico-raciais – DCNERERs, pode viabilizar o reconhecimento do povo africano e afrodescendente como sujeitos históricos produtores de conhecimento, bem como consolidar ações pedagógicas de fortalecimento à identidade étnica na comunidade. Segundo o professor Kapengele Munanga “o resgate da memória coletiva e da história da comunidade negra não interessa apenas aos alunos de ascendência negra. Interessa também aos alunos de outras ascendências étnicas, principalmente branca, pois ao receber uma educação envenenada pelos preconceitos, eles também tiveram suas estruturas psíquicas afetadas”.

O evento aconteceu de 17 a 21 de novembro, foi organizado por salas temáticas e teve uma relevante colaboração dos bolsistas do Programa Institucional de bolsa de Iniciação a Docência (PIBID).

  • Sala temática 01: Localização da África no mapa mundi

 1.localização da africa 2 2.localização da africa 3 3.localização da africa 4 4.localização da africa

 

  • Sala temática 02: África Berço da humanidade

5.Africa berço da humanidade 2 6.Africa berço da humanidade

Sala temática 03: A colonização africana e o tráfico de escravos

7.colonização africana e tráfico de escravos 2 8.colonização africana e tráfico de escravos

  • Sala temática 04: As contribuições africanas nas ciências e nas técnicas.

9.contribuições nas ciências e nas técnicas 10.contribuições nas ciências

  • Sala temática 05: As contribuições africanas na culinária brasileira

11.contribuições africanas na culinária brasileira 2 12.contribuições africanas na culinária brasileira

  • Sala temática 06: As contribuições africanas na religiosidade

13.as contribuições africanas na religiosidade - Sony 2 14.as contribuições africanas na religiosidade - Sony

Sala temática 07: A contribuição africana na dança, música, língua e literatura.

15.contribuições africanas na dança na musica lingua e literatura - weidna 2 16.contribuições africanas na dança na musica lingua e literatura - weidna 3 17.contribuições africanas na dança na musica lingua e literatura - weidna

  • Sala temática 08: revoltas – fim do escravismo – lutas por igualdade.

18.fim do escravismo - luciana 2 19.fim do escravismo - luciana

  • Soletrando palavra de origem africana

20.soletrando 2014 21.montagem soletrando -Fotor1126162449

  • Desfile de exaltação da beleza negra.

22.desfile

Censo Cultural – 2014

CENSO CULTURAL 2014

Organizar um cadastro e valorizar os artistas locais. Com este objetivo, a Prefeitura Municipal de Teixeira de Freitas, por meio do Departamento de Cultura da Secretaria Municipal de Educação, realiza de 05 de novembro a 30 de dezembro, o Censo Cultural 2014. As inscrições podem ser individuais ou de grupos de artistas da cidade.

De acordo com o diretor de Cultura de Teixeira de Freitas, Ramiro Guedes, os interessados devem preencher o formulário e encaminhá-lo por e-mail ou entregá-lo pessoalmente no Departamento de Cultura. “Com este levantamento pretendemos saber quantas pessoas em nosso município fazem algo relacionado à Cultura. Além disso, é uma maneira de conhecê-las e aproveitar os nossos talentos nos eventos realizados pela prefeitura. Após este censo, faremos um catálogo com todos os artistas especificando cada área.

O diretor ressaltou que este tipo de cadastramento ainda não foi realizado no município. “Não conhecemos todos os artistas. Tem muita gente boa escondida e que pode ser valorizada. Acredito que esta medida será boa não apenas para o nosso Departamento, mas para os artistas e toda população teixeirense”.

Além de dados pessoais, o artista deve fornecer no formulário informações a respeito do segmento cultural de atuação e fazer uma breve descrição das atividades que desenvolve.

Para obter o formulário do Censo Cultural 2014, os artistas devem acessar o site da Secretaria de Educação e Cultura http://www.educateixeira.com.br ou entrar em contato com a Diretoria de Cultura pelo e-mail: censoculturalpmtf@hotmail.com, telefone (73) 3011-2724 ou ainda no endereço Rua Prudente de Morais, 147 – Centro.

link do formulário: censo cultural 2014

MOSTRA DE TRABALHOS – Escola Clélia Pinto

Slide1 Slide2 Slide3 Slide4 Slide5 Slide6 Slide7 Slide8 Slide9 Slide10 Slide11 Slide12 Slide13 Slide14 Slide15 Slide16 Slide17 Slide18 Slide19 Slide20 Slide21 Slide22 Slide23 Slide24 Slide25 Slide26 Slide27 Slide28 Slide29 Slide30 Slide31 Slide32 Slide33 Slide34 Slide35 Slide36 Slide37 Slide38 Slide39 Slide40 Slide41 Slide42 Slide43 Slide44 Slide45 Slide46 Slide47 Slide48 Slide49 Slide50 Slide51 Slide52 Slide53 Slide54 Slide55 Slide56 Slide57 Slide58 Slide59 Slide61 Slide60 Slide62 Slide63 Slide64 Slide65 Slide66 Slide67 Slide68 Slide69 Slide70 Slide71 Slide72 Slide73 Slide74 Slide75 Slide76 Slide77 Slide78 Slide79 Slide80 Slide81 Slide82 Slide83 Slide84 Slide85 Slide86 Slide87 Slide88 Slide89 Slide90 Slide91 Slide92 Slide93 Slide94 Slide95